in ,

Entenda como pessoas que não tiveram Covid-19 podem ter imunidade ao vírus

Um dos pontos chaves para os cientistas e pesquisadores, é descobrir porque algumas pessoas parecem ser imunes ao Covid-19, mesmo as que nunca foram infectadas pelo vírus.

Pesquisadores tentam identificar o que torna pessoas que foram expostas ao novo coronavírus mais resistentes. Neste grupo de pessoas, os cientistas acreditam que podem ter algum tipo de familiaridade com o Covide-19, o que os tornaria mais resistentes, reduzindo as chances de não contrair o vírus, porém, caso aconteça de se infectar, não desenvolve o nível grave da doença.

A revista Nature publicou no dia 29 de julho, um artigos sobre 68 amostras de indivíduos adultos e saudáveis na Alemanha. Essas pessoas não tiveram nenhuma proximidade com o Covid-19, em 35% das amostras foi identificado células “T”, são reativas ao novo coronavírus.

Linfócitos T, são parte do sistema imunológico. As amostras reativas indicam a possibilidade dessas pessoas terem combatido infecção similar no passado, tornando os indivíduos mais resistentes, como está escrito em um trecho da publicação:

“provavelmente as adquiriram em infecções prévias de outros tipos endêmicos de coronavírus”.

“As descobertas da pesquisa instigam o prosseguimento dos estudos”, afirmou o dr. Amesh Adalja, docente no Centro de Segurança na Saúde da Universidade Johns Hopkins, embora não faça parte da pesquisa.

“Nós sabemos, por exemplo, que crianças e jovens adultos estão relativamente mais protegidos de consequências severas dessa doença, e eu acho que uma hipótese relevante é de que as células T pré-existentes podem ser muito mais numerosas ou mais ativas em pessoas jovens”, disse  Dr. Adalja.

“Se pudéssemos comparar versões mais severas e mais leves da doença, observar as células T nesses indivíduos e dizer ‘Pessoas com formas mais graves do coronavírus são menos prováveis de possuir linfócitos T reativos versus pessoas que desenvolvem versões mais leves talvez tenham mais?’, eu acredito que essa é uma hipótese biologicamente plausível”.

“É claro também que a presença dessas células não previne pessoas de serem infectadas, mas elas podem modular a severidade da infecção? Esse parece ser o caso”, concluiu.

O professor de medicina preventiva e doenças infecciosas na Escola de Medicina da Universidade de Vanderbilt em Nashville,  Dr. William Scafnerfh, a opinião é a seguinte:

“Aqui está uma pesquisa que sugere que pode realmente existir uma reatividade cruzada nos coronavírus que causam resfriados em seres humanos e no vírus da Covid, que está causando tanto estrago. Isso é muito intrigante, pois nós pensávamos que na perspectiva dos anticorpos não havia cruzamentos relevantes.”

“Não é totalmente surpreendente, porque são todos membros de uma mesma família. É como se fossem primos”, disse Scafnerfh;

 “Agora temos que observar se há algum impacto disso na prática… Isso torna mais ou menos provável que a pessoa que é infectada pela Covid realmente desenvolva a doença? E tem algum impacto no desenvolvimento de uma vacina?”

“O SARS-CoV-2 é o sétimo coronavírus que infecta humanos descoberto, e quatro desses são o que chamamos de coronavírus ‘coletivamente adquiridos’. Juntos, eles são responsáveis por 25% dos resfriados comuns”, Adalja informou. “Quase todas as pessoas no mundo tiveram algum encontro com um coronavírus, e sendo eles parte da mesma família, alguma reatividade cruzada é desenvolvida”.

Alessandro Sette e Shane Crotty, da Universidade da Califórnia em San Diego, escreveram: “está estabelecido que a imunidade pré-existente ao SARS-CoV-2 existe em algum grau na população. É hipotético, e ainda precisa ser provado, que isso se deve à imunidade a coronavírus mais comuns, que causam resfriados.”

Créditos: https://www.cnnbrasil.com.br/saude/2020/07/30/entenda-como-pessoas-que-nao-tiveram-covid-19-podem-ter-imunidade-ao-virus

Written by Silvia Cardoso Souza

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Vizinha de casal morto em Águas Claras: “Gritos de desespero, de morte”

Bolsonaro relata fraqueza e diz que está com infecção pulmonar